A nossa missão

O Carmelo Missionário herda do seu fundador a disposição e o espírito missionário para ir "para onde quer que a glória de Deus me chame".

Francisco Palau percebe muito claramente o que as suas filhas têm de fazer?

Onde quer que haja

uma ferida para cicatrizar
uma pena de aliviar
uma alegria para celebrar
uma esperança de ressuscitar
uma pessoa a dignificar
uma injustiça a superar
uma certeza a ser confirmada
uma fé e um amor a partilhar ...

Aí tentámos armar a nossa tenda como missionários carmelitas. "Olhem para ele neste corpo que é a sua Igreja, ferido, crucificado, desamparado, perseguido, desprezado e ridicularizado. E sob esta consideração, oferece-se para cuidar dele e prestar-lhe os serviços que estiverem ao seu alcance".

Sempre à procura de novos horizontes

somos mulheres simples mas corajosas, abertas à universalidade, sempre dispostas a abrir fronteiras e caminhos de diálogo e colaboração. Comprometidos com a história, sentimo-nos enviados para estar perto do povo, ao serviço de um mundo ferido e necessitado; sensíveis e solidários com os pobres e excluídos, envolvidos em projectos de promoção das mulheres, deslocados, imigrantes; com novas formas de presença que respondem aos desafios da missão nos dias de hoje, tais como as populações indígenas esquecidas. "... envio-vos e no meio do confronto dir-vos-ei o que fazer".

Sempre em busca de novos horizontes, somos mulheres simples, mas somos também corajoso, aberto à universalidade, sempre disposto a abrir fronteiras e a caminhos de diálogo e colaboração. Comprometidos com a história, nós Sentimo-nos enviados para estar perto do povo, ao serviço de um mundo ferido e ferido. necessitados; sensíveis e solidários para com os pobres e excluídos, envolvidos em projectos para a promoção das mulheres, pessoas deslocadas, imigrantes; com novas formas de presença que respondem aos desafios da missão nos dias de hoje como as populações indígenas esquecidas. "... Estou a enviar-vos e no meio do Eu digo-lhe o que tem de fazer".

Assim, a proclamação do Evangelho tem lugar de muitas maneiras, como era o desejo do nosso fundador: dedicação ao missão que é mais necessária em cada lugar e em cada momento. Hoje são várias nações que contam e acolhem a nossa presença fraterna e orante e trabalho missionário nos cinco continentes. "A minha missão está reduzida a anunciar ao povos que você, Igreja, é infinitamente bela e amável".

Desta forma, o A congregação realiza a sua actividade apostólica na educação cristã, na acção cristã e na no domínio da saúde, a missão "ad gentes", a pastoral social, o cuidado pastoral para juventude, cuidado pastoral da espiritualidade e outras formas de evangelização. "Amor de Deus, amor ao próximo: este é o objecto da minha missão.".

E continuamos alargando a tenda, renascendo e crescendo em missão partilhada com o pessoas leigas.

Educação

Ensinar como um ministério elevado e sublime

Saúde integrada

Olhando para a Igreja no corpo ferido e crucificado

Intervenção social

Viver a Igreja é igual à suprema realização da Caridade

Cuidados pastorais paroquiais

Sentimo-nos chamados para a missão do Ministério Paroquial

Centros de Espiritualidade

Sentimo-nos chamados a responder à necessidade humana de transcendência, de um encontro com Deus e consigo próprio.

Ministério da Juventude Vocacional

Sentimo-nos chamados a partilhar a vida com os jovens

Outras experiências missionárias

Amar a Deus e amar o próximo

fechar

Subscreva a nossa Newsletter

Privacidade *

Não enviamos spam. Leia o nosso política de privacidade.

pt_PTPT
Partilhar isto