ATENTOS ÀS NECESSIDADES QUE SURGEM À SUA VOLTA.

No sábado, 6 de Maio, a PROKARDE realizou a sua assembleia anual. Um encontro desejado e um acolhimento preparado com amor e criatividade pela escola Mare de Deu del Carme del Prat de Llobregat. Professores e jovens do Comité de Solidariedade da escola convidaram-nos a ouvir um apelo especial: "Continuem a remar", navegando nesta realidade por vezes difícil, mas também com grande dedicação e generosidade.

Foi uma alegria encontrarmo-nos, pessoalmente, entrámos no barco PROKARDE com a convicção de formar uma única família humana, como nos disse a Irmã Gemma Martín, presidente, na sua saudação. Éramos cerca de 40 pessoas ao vivo e cerca de 35 no ecrã, enquanto continuávamos a ouvir que em Prokarde somos chamados a ser testemunhas do Evangelho, remando com outras instituições e denunciando tantas situações de injustiça.

Como é habitual, prosseguimos com a leitura da acta, a apresentação do relatório de 2022, a apresentação dos projectos trabalhados com os parceiros e a situação económica. A presidente (Ir. Gema Martín), a vice-presidente (Ir. Monica Lorente) e a tesoureira (Ir. Charo Alonso) aceitaram com confiança, sabendo que não estão a remar sozinhas.

Apesar de parecer muito trabalho, fizemos as nossas paragens para um delicioso café a meio da manhã e alguns de nós "remaram" para os doces que estavam justamente colocados no corredor. Depois de uma manhã de reflexão e informação, o nosso "barco" chegava à sala de jantar, à volta de uma mesa bem recheada é onde se fortalecem amizades, nascem projectos e ilusões e desejos de continuar a colaborar juntos nesta missão de fazer um mundo mais justo e habitável para todos, especialmente para os que vivem na pobreza.

Durante a tarde, Olivia Ortega, directora do "Centro de Promoção Social Padre Palau del Prat", fez-nos reflectir sobre a situação dos migrantes que chegam ao nosso país. Por um momento, ficámos imersos nas suas histórias, nas dificuldades de progredir. Também histórias com um final positivo, graças a tantas pessoas, instituições que acolhem e colaboram.

Uma palavra e um sentimento: OBRIGADO, pelo entusiasmo e pela generosidade de todos. Obrigado ao nosso Colégio Prat pelo acolhimento e organização, aos professores, aos que vieram de outros colégios de Barcelona, aos jovens do Comité de Solidariedade, e claro, às nossas delegações, às comunidades CM, às CMS, aos parceiros e doadores. Tivemos também a sorte de contar com a presença do P. Manel Serra, delegado das Missões do Bispado de S. Feliu de Llobregat. Olhando à nossa volta, vemo-nos, reconhecemo-nos, somos família, Igreja, que no meio de bons momentos e de tempestades continua a remar na esperança de chegar ao porto, que é uma vida feliz e digna para todos.

OBRIGADO, VOLTAREMOS A ENCONTRAR-NOS NO PRÓXIMO ANO, ENTRETANTO... CONTINUEMOS A REMAR.

pt_PTPT
Partilhar isto