A segunda convenção nacional das CMS realizou-se na comunidade de Maria Mãe de Deus, em Dediapada, na Índia, nos dias 18 e 19 de novembro de 2023. O tema da convenção foi: Caminhando juntos rumo à comunhão. Este encontro histórico das CMS de 14 presenças missionárias, com 106 membros, foi um dom do Senhor que, por intercessão do Padre Francisco Palau, o fez crescer em número e qualidade de 2019 a 2023.

Os membros do CMS, juntamente com os seus conselheiros, a equipa provincial e a equipa sócio-pastoral, entraram na sala de convenções para a sessão de abertura de mãos dadas, de forma simbólica, para confirmar o nosso caminho em direção à comunhão. A música criou uma atmosfera de oração para sentir o movimento do Espírito e a unidade dos corações.

Depois de uma breve introdução sobre a importância deste nobre encontro, a oração foi conduzida em inglês e gujarati. Invocámos o Espírito Santo através de um hino e da leitura da carta de S. Paulo aos Efésios, que nos inspirou sobre a unidade do Corpo de Cristo. De seguida, lemos a Carta 7 do Fundador, uma mensagem de unidade da comunidade. Este rito orante terminou quando os coordenadores do CMS e os membros da equipa organizadora acenderam a lâmpada.

As estudantes de enfermagem da comunidade Dediapada apresentaram uma dança de boas-vindas com elegância e graça que cativou o coração e a mente de todos. Ir. Philomena Menezes pronunciou as palavras de boas-vindas e valorizou a presença do CMS na Rede Palautina e a importância de crescer sempre mais no espírito de pertença familiar.

Jignesh Parmar levou-nos à origem do Carmelo, ao espírito de Elias e a outros gigantes espirituais do Carmelo e destacou três pontos a interiorizar:

1) Atitude de escuta como Maria, Mãe.

2. Determinação resoluta

3) Sentido de doação, como Maria, a Mãe, que deu Jesus à humanidade.

Somos chamados a dar Jesus aos outros. Enriquecida e iluminada por esta partilha, a inauguração é uma memória viva para todos nós.

D. Seby Mascarenhas, bispo da diocese de Baroda, encorajou os presentes a trabalhar em conjunto com as irmãs como sinal de sinodalidade. O encontro criou em nós o espírito de caminhar juntos com maior fervor em direção à comunhão, uma necessidade urgente do momento. Deus, na sua grande Providência, abriu-nos a porta para que nós, CMS, continuemos a renovar-nos no nosso empenho e vitalidade na partilha do Carisma e no anúncio de Jesus com o nosso ser e o nosso fazer.

Sincera gratidão do CMS da Índia

Experiência pessoal do Encontro Nacional CMS

Ser capaz de inspirar os outros é um traço de personalidade importante para qualquer santo e o Beato Francisco Palau convida-me a levar uma vida mais plena, em que me sinto vivo, renovado e animado. E sei que este sentimento permanece para sempre, porque este acontecimento tocou-me profundamente e estou-lhe grato.

Foi uma viagem interior, espiritual e orientada para a vida. Senti-me atraído pela relação dinâmica e recíproca entre as várias culturas, a maturidade humana e religiosa. Permitiu-me, como fiel leigo, identificar-me com a Ordem Carmelita e desenvolver um profundo sentido de pertença. Aprecio o testemunho de vida sacrificial das Irmãs Carmelitas Missionárias na visita a diferentes comunidades do Sul de Gujarat, o seu compromisso com os sinais dos tempos, a sua hospitalidade e os vastos desafios missionários abriram-me os olhos para promover as vocações à vida religiosa.

Este encontro compromete-nos como CMS a trabalhar pela justiça e pela paz em solidariedade com todas as pessoas, especialmente aquelas que procuram a comunidade e se esforçam por satisfazer as exigências do amor carmelita.

Sra. Marlene Smith, CMS Índia

pt_PTPT
Partilhar isto