PENTECOST
 MOTIVAÇÃO
Aleluia!
O Espírito do Senhor enche a terra!
A Igreja acorda banhada de luz e de festa.
Os povos estão unidos num só Pai. O anúncio da Boa Nova percorre as ruas e as estradas. Em todas as línguas é proclamado o nome de Deus, santo e amável. São proclamadas as suas obras de salvação e de misericórdia para com todos.
Aleluia!
O Espírito Santo enche os corações!
Já não há lugar para o medo nem para a tristeza; a presença do Senhor ressuscitado e do Espírito que grita em nós com gemidos inefáveis mantém-nos na certeza do Amor infinito do Pai.
Aleluia!
O Espírito inunda-nos com os seus dons!
A nossa vida transborda de gratidão e partimos para a missão.
Do Evangelho de João 20,19-23
Ora, na tarde daquele dia, o primeiro dia da semana, estavam os discípulos numa casa, e as portas estavam fechadas por medo dos judeus. Nisto entrou Jesus, pôs-se no meio e disse-lhes:
"A paz esteja convosco.
E, dizendo isto, mostrou-lhes as mãos e o lado. E os discípulos ficaram muito contentes por verem o Senhor. Jesus repetiu:
"A paz esteja convosco. Assim como o Pai me enviou, também eu vos envio a vós".
Depois de ter dito isto, soprou sobre eles e disse-lhes:
"Recebei o Espírito Santo; a quem perdoardes os pecados, ser-lhes-ão perdoados; a quem os retiverdes, ser-lhes-ão retidos".

COMENTÁRIOS ORANTES
Com a solenidade de Pentecostes, terminamos o tempo pascal.
É como um regresso ao princípio: o Ressuscitado aparece no meio dos seus. Dá-lhes a sua paz sem censura. Mostra-lhes as cicatrizes da sua Paixão e envia-os ao mundo da mesma forma que o Pai enviou o Filho.
Os discípulos não intervêm, não falam, não impedem. Limitam-se a acolher.
Sentem a presença do Ressuscitado que permanece através dos efeitos do seu conforto e da sua paz.
E o que era medo e cobardia, torna-se um caminho e uma missão graças à Paz do Senhor e à força do seu Espírito Santo.
"Receber o Espírito Santo"
Hoje como ontem, o Senhor continua a soprar sobre a sua Igreja o dom do Espírito, a promessa do Pai. Também nós podemos recebê-lo nos nossos medos e cobardias, ser dóceis à sua ação, experimentar o seu conforto.
Espírito Santo, Espírito de Amor! Inundai a Igreja com os vossos dons e tornai-nos testemunhas de Cristo ressuscitado no meio do mundo.

ORAYER (= 2 POSSIBILIDADESA sequência ou frase que se segue)

SEQUÊNCIA
Vem, Espírito divino,
enviai a vossa luz do céu.
Pai amoroso dos pobres;
presente, nos vossos esplêndidos dons;
luz que penetra nas almas;
fonte da maior consolação.

Vem, doce hóspede da alma,
descansar dos nossos esforços,
descanso do trabalho árduo,
brisa nas horas de fogo,
alegria que enxuga as lágrimas
e conforta no luto.

Penetra profundamente na alma,
luz divina, e enriquecer-nos.
Olha para o vazio do homem,
se vos faltar o interior;
olhar para o poder do pecado,
quando não se manda a respiração.

Regar a terra em caso de seca,
cura o coração doente,
lava as nódoas, infunde
calor da vida no gelo,
domina o espírito indomável,
guia aquele que desvia o caminho.

Distribuam as vossas sete prendas,
segundo a fé dos teus servos;
pela vossa bondade e graça,
dar ao esforço o seu mérito;
salva aquele que procura salvar-se a si próprio
e dá-nos a tua alegria eterna.

.................................................................................
Em que boa companhia nos deixaste, Senhor;
no melhor: o vosso Espírito Santo de Amor,
a promessa do Pai!
 
Hoje quero abrir-me à sua ação;
fazer com que a minha existência não seja uma porta fechada,
mas um espaço livre para o Espírito trabalhar em mim.
Não um recetáculo cheio de medos e cobardias,
mas um espaço de força corajosa,
e coerência no testemunho.
 
Foi conveniente para Ti terminar
o teu caminho entre nós, Jesus,
para que o vosso Espírito Santo
inundar o nosso mundo com os seus dons.
 
Espírito Divino, Espírito de Amor,
tornar-nos fiéis seguidores de Cristo
e anunciadores da sua Boa Nova
na pequenez da lama e do fogo
que são as nossas vidas.
 Amém! Aleluia!
 
Ana María Díaz, cm
 


DOMINGO DE PENTECOSTES
MOTIVAÇÃO

Aleluia!
O Espírito do Senhor enche a terra!

A Igreja acorda hoje banhada de luz e de festa.
Os povos tornam-se irmãos e irmãs no abraço ao único Pai. O anúncio da Boa Nova percorre as ruas e estradas. Em todas as línguas, o nome de Deus é proclamado santo e carinhoso. Os seus gestos de salvação e de misericórdia para com todos são anunciados por todo o lado.

Aleluia!
O Espírito Santo enche os nossos corações!
Já não há lugar para o medo ou a tristeza; a presença do Ressuscitado e do Espírito que grita em nós com gemidos inefáveis mantém-nos na certeza do Amor infinito do Pai.

Aleluia!
O Espírito enche-nos com os seus dons!
A nossa vida transborda de gratidão e pomo-nos a caminho, ansiosos, em missão.

Do Evangelho de João 20,19-23
Na noite do primeiro dia da semana, quando os discípulos estavam reunidos, com as portas fechadas por medo dos chefes judeus, Jesus aproximou-se, pôs-se no meio deles e disseQue a paz esteja convosco! Depois de ter dito isto, mostrou-lhes as mãos e o lado. Os discípulos ficaram muito contentes quando viram o Senhor.
Mais uma vez Jesus disse, "A paz esteja convosco! Tal como o Pai me enviou, também eu vos envio a vós". Depois disso, soprou sobre eles e disse "Recebei o Espírito Santo. Se perdoardes os pecados de alguém, os seus pecados são perdoados; se não os perdoardes, eles não são perdoados".
 
REFLECÇÃO
Com a solenidade de Pentecostes, terminamos o tempo pascal.
É como um regresso ao princípio: o Ressuscitado aparece no meio dos seus. Dá-lhes a sua paz sem qualquer censura. Mostra-lhes as cicatrizes da sua paixão e envia-os ao mundo da mesma forma que o Pai enviou o Filho.

Os discípulos não intervêm, não falam; limitam-se a receber, a acolher.
Pelos efeitos da Sua consolação e da Sua paz, eles sentem a presença do Ressuscitado que permanece com eles.

E o que era medo e cobardia, torna-se caminho e missão, graças à Paz do Senhor e à força do seu Espírito Santo.
 
"Recebe o Espírito Santo
Hoje como ontem, o Senhor continua a soprar sobre a sua Igreja o dom do Espírito, promessa do Pai. Também nós podemos recebê-lo nos nossos medos e cobardias, ser dóceis à sua ação e experimentar o seu conforto.

Espírito Santo, Espírito de Amor! Inundai a Igreja com os vossos dons e tornai-nos testemunhas de Cristo ressuscitado no meio do mundo.
 
ORAYER (2 OPÇÕES: Ou a Sequência ou a oração que se segue aqui abaixo)
SEQUÊNCIA
Vem, Espírito Santo, vem!
E da vossa casa celestial
Derramar um raio de luz divina!

Vem, Pai dos pobres!
Vem, fonte de toda a nossa loja!
Vem, brilha no nosso peito.

Tu, dos edredões o melhor;
Tu, o convidado mais bem-vindo da alma;
Um doce refresco aqui em baixo;
No nosso trabalho, o descanso mais doce;
Frescura grata no calor;
Consolo no meio da desgraça.

Ó luz divina mais abençoada,
Brilha nos vossos corações,
E o nosso ser mais cheio!
Onde vós não estais, não temos nada,
Nada de bom em actos ou pensamentos,
Nada isento de mácula.
Curai as nossas feridas, renovai as nossas forças;
Sobre a nossa secura derrama o teu orvalho;
Lavar as manchas de culpa:

Dobrai o coração e a vontade teimosos;
Derreter o congelado, aquecer o frio;
Guia os passos que se desviam.

Sobre os fiéis, que adoram
E confessar-vos, sempre
No teu dom sétuplo, desce;

Dai-lhes a recompensa segura da virtude;
Dá-lhes a tua salvação, Senhor;
Dai-lhes alegrias que nunca acabam. Amém.
Aleluia!

.................................................................................
 Em que grande companhia nos deixaste, Senhor:
o vosso Espírito Santo de Amor,
a promessa do Pai!
 
Hoje, quero abrir-me à sua ação;
fazer a minha existência, não uma porta fechada,
mas um espaço livre para o Espírito trabalhar em mim.
Não um recetáculo cheio de medos e cobardias,
mas um espaço de força corajosa,
e de coerência no testemunho.
 
Era conveniente que Tu completasses
o teu caminho entre nós, Jesus,
para que o vosso Espírito Santo
possa inundar o nosso mundo com os Seus dons.
 
Espírito Divino, Espírito de Amor,
tornar-nos fiéis seguidores de Cristo
e anunciadores da sua Boa Nova
na pequenez da lama e do fogo
que as nossas vidas são. Amém!
Aleluia! Aleluia!
Ana María Díaz, cm

pt_PTPT
Partilhar isto